Ubuntu, Xara e o avanço do Linux

Instalei em casa o Kubuntu. É o Ubuntu, de que todo mundo anda falando por aí, mas o CD de instalação já deixa pronto o KDE ao invés do Gnome. Questão de gosto, prefiro muito o KDE.
Ubuntu é realmente um grande avanço, e faz jus a todo o barulho que se anda fazendo em torno dele. Minha distribuição predileta continua sendo a Debian, pelo menos por enquanto, e é a que estou usando no escritório. Mas, para quem não é como eu aficcionado pela linha de comando, por compilar módulos para o kernel e editar scripts de inicialização, recomendo o Ubuntu. Você instala e ele está pronto para usar, simples assim, já com pacote de escritório e todos os softwares[bb] que uma instalação básica de sistema operacional precisa ter, e mais nada. O “mais nada” aqui é uma grande vantagem. Minha esposa sempre se confundia com os longos menus com centenas de opções do Debian. O Ubuntu vem com a ferramenta certa para cada tarefa, e só.

O sistema é muito, muito estável, atualizado praticamente todo dia, e foi realmente feito para tornar fácil a vida de quem vai usá-lo. Eu diria que é a distribuição que faltava. Estou realmente impressionado, e recomendaria hoje para qualquer um que queira usar Linux no Desktop.
Tenho visto alguns avanços realmente significativos do Linux em relação ao uso em Desktops. O Ubuntu, um sistema redondo que funciona sem hacks em arquivos texto, é um excelente avanço. Outras coisas importantes que aconteceram nos últimos tempos:

  • Office: até algum tempo quando se fala em software de escritório para Linux, pensávamos em uma série de opções. KOffice e Abiword estavam entre os mais citados. A variedade de softwares é uma coisa boa do Linux, há sempre várias opções para o que você precisa fazer. Mas, para o leigo migrando de Windows, é melhor que haja apenas um bom software, e que este funcione. Hoje temos o OpenOffice.org, um excelente pacote de softwares[bb], que não faz tudo o que o MS Office faz, mas faz tudo o que você sabe fazer no MS Office. Planilha, editor de textos, banco de dados, software simples de desenho vetorial e apresentações de slides, está tudo lá. Abre e salva arquivos no formato do MS Office, tem um sistema de macros superior à daquele e etc, etc, etc.
  • Instalação de Programas: Ainda temos o problema de cada distribuição ter um sistema de pacotes diferente, além de muitos programas serem distribuídos na forma de código fonte. Apesar disso, usuários de distribuições como o Debian ou o Ubuntu dificilmente vão precisar de um programa que não esteja compilado para a sua distribuição. No caso destas distribuições, basta abrir um programinha chamado Synaptic, clicar em procurar e digitar o nome do programa. Após ele ser encontrado, seleciona-se o programa e o Synpatic faz o download e a instalação automaticamente. Sinceramente? Muito mais fácil e rápido do que o esquema do Windows de download no Desktop, duplo clique, next, next, next, finish.
  • Compartilhamentos Windows: O Linux sempre falou muito bem com redes Windows, mas isso envolvia um bocado de comandos em modo texto. Na versão 3.4 do KDE o suporte a redes Windows foi corrigido, melhorado, e agora funciona redondinho. É muito fácil agora criar compartilhamentos de rede e acessar compartilhamentos em máquinas Windows.

Para desenvolvedores, Linux é uma excelente praia já há bastante tempo. Eu sentia falta de duas coisas:

  • Edição Visual de Banco de Dados: Problema resolvido. Temos as ferramentas do MySQL, temos o Knoda, temos o Kexi
  • RAD GUI: Tenho usado Glade com PyGTK. RAD multiplataforma com Python.

Há porém nichos em que o Linux tem grandes lacunas. Veja, por exemplo, o caso dos designers gráficos. O Scribus está se tornando muito maduro, mas ainda está longe de um software como, por exemplo, o InDesign.
Em relação a webdesign, falta um bom editor vetorial para a montagem dos layouts. Não sei porque, as pessoas gostam de montar layouts no Photoshop. A idéia me é bastante estranha, embora eu não seja da área. Porque usar um editor de bitmaps para montar layouts quando você pode usar um editor vetorial, a ferramenta ideal para se criar caixas de texto, linhas, caixas coloridas, gradientes e sombras? Aqui na Atípico o pessoal faz layout no Illustrator.

Bom, já que eu falei em editor de imagens, que fique claro: o Photoshop[bb] reina absoluto como o melhor programa já criado em sua categoria. Mas um webdesigner de boa vontade, que só usa Photoshop para coisas como recortar, redimensionar e fazer pequenas correções em imagens, conseguiria usar o Gimp para o esse trabalho.
Já para montagem dos layouts, faz falta um bom editor vetorial como o Illustrator ou o Freehand. Embora eu tenha visto excelentes exemplos de trabalhos feitos no Inkscape, sua interface é meio esquisita, e ele é bem complicado de se operar.
Bom, a Xara anunciou, semana passada, que está portando seu software, o Xtreme, para Linux e Mac OS, e vai abrir o código. É um excelente avanço para o Linux. Um software maduro, com uma interface consistente, poderoso, para quem quiser migrar para Linux e depende de um bom editor vetorial.

Quer saber mais? Dê uma olhada na galeria e assista os vídeos. São de impressionar.
Já há uma versão para Linux disponível para download. As ferramentas ainda não funcionam, mas ele já abre arquivos da versão Windows e os exibe com perfeição. E a performance é excepcional. Vamos torcer para que uma versão funcional venha logo.

40 comments on “Ubuntu, Xara e o avanço do Linux

  1. Carlos disse:

    teressa. vc está irritada (acho que vc é homem, dado suas frases).

    tem razão, no seu caso, o windows se adequa melhor. o maior problema do linux são os xiitas. eu gosto mutio do ubuntu, para mim, é o melhor sistema que tem, mas confesso que os xiitas que amam o SO em vez de usa-lo para ganhar dinheiro atrapalham.

  2. teressa disse:

    aprender os comandos???
    seja feliz em sua vida de linha de comando. Alias.. vc tem q saber mesmo porque o linux direto estraga.
    Meu pc parou de funcionar o video, depois parou o som, depois parou de montar pen drive.. q q eh isso???
    agora tem q chamar alguem pra arrumar essa bosta.
    viva o windows e sua PRATICIDADE!
    quantas vezes vc colocou o pen drive no windows xp e deu erro?
    think about this.
    com sw livre o produto fica mais caro pra ser desenvolvido, pois o pessoal de desenvolvimento demora mais pra fazer alguma coisa.
    Synaptic acho que ja vem junto, mas apenas no debian, ubuntu etc..
    mas nao adianta muito pq se vc nao tiver as source lists configurada certinho pra sua versao do linux, nao vai adiantar nada.. pior.. vai acabar baixando pacotes errados que vao estragar o q ja estava funcionando.
    dai vc formata e instala windows :P

  3. Reginaldo disse:

    Eu tb não entendo certas coisas, aqui mesno foi postado como instalar programas no linux, pois bem a resposta foi: usa o synaptic, ótimo porém se as pessoas não sabem instalar programas, como vai instalar o synaptic, gente o pessoal tem que ser mais legal, explicar direitinho passo a passo ou até via video, a meu ver é o que falta para o linux disparar, ou seja falta a colaboração dos proprios colaboradores, por exemplo, estou quebrando a cabeça para instalar im drive wi fi, no debian e não encontro isso em lugar nenhum, pelo menos que seja de facil entendimento, mais mesmo sem a colaboração do pessoal vou tentando, poís espero um dia poder ensinar direito o pessoal que por ventura optar por este sistema.

  4. Roberval disse:

    Essa tal de Tereza é uma idiota!!! Deixa de ser preguiçosa, é só aprender os comandos e pronto!!! Deixa de ser vagabunda sua lammer!!!

  5. teressa disse:

    #213 | teressa

    mais facil o escambáu!!!!
    e quando voce precisa sair baixando pacotes do caralho a quatro…
    se a sua source list estiver apontando para lugares errados.
    a ainda se nao bastasse as varias distribuicoes que tem no linux, ainda ter uma bosta de sarge, edgy.. q soh serve para dar conflito.
    os programas nao funcionam simplismente com um duplo clique. voce tem que sair se matando na linha de comando para resolver alguma coisa.
    é como eu tivesse um carro, mas eu teria que aprender a montar o motor para poder ligar ele. cada pessoa que tivesse carro teria que ser mecanico tambem.
    O que seria de nós se nao fosse a microsoft.
    #214 | teressa

    quem usa linux sao apenas professores e afins..
    que nao precisam trabalhar em uma empresa para ganhar dinheiro prestando servicos a outra.. de desenvolvimento.. etc..
    eu prefiro comprar windows e nao ficar me matando pra resolver problemas basicos.
    viva a praticidade.
    como vc vai explicar pro seu cliente que o sistema nao termiou a tempo devido ao gerenciador de janelas konkeror que travou??? ta loco
    #215 | teressa

    depois que a gente passa 4 anos estudando em uma faculdade boa, vem esses pau no cu de sw livre e fala que nao podemos vender o software
    que q eh isso???
    vc consegue um projeto de um predio de um engenheiro civil livre??? ele vai cobrar soh pra assinar o projeto.
    vai la e pede para um medico fazer uma consulta livre. dai vc soh paga os remedios.
    que q eu isso..
    sw livre na cadeia
    #216 | teressa

    a proposito…
    tambem nao consegui instalar o msn e por isso to usando essa bosta de gaim q nem foto mostra.

  6. Carlos Felippe disse:

    Sou web designer e também trabalho com design em software livre. Uso o Inkscape como programa vetorial, e discordo de que ele seja difícil de usar ou que sua interface seja complicada. Muito pelo contrário, o Inkscape é muito prático, em inúmeras coisas se comparados ao Adobe Illustrator por exemplo, o único problema do Inkscape como a maioria dos projetos open source, é o andamento das atividades do projeto que estão um pouco lentas. Mas se deus quiser estamos caminhando pra versões mais completas, inclusiva saiu a 0.45 dia desse.

    Maiores informações: http://www.inkscape.org

    Um abraço Élcio, sou seu fã cara!

  7. Marcio Nogueira disse:

    O Ubuntu é sem sombra de dúvidas uma ótima distribuição Linux. O Ubuntu oferece funcionalidades que tornam sua utilização muito intuitiva.

  8. X,Free disse:

    Instalei o Kubuntu, eu baixo arquivos no formato *.tar.gz, mais quando abro não abre o programa pelo Linux

    Abre um programa chamado ARK, ele é tipo o WinRar!

    Descompactador.

    Obrigado, quero executar programas no Linux

  9. tiago cristian disse:

    Estou baixando o umbutu 6,0…
    Bem ainda na terminei de baixar, mais resumindo estou migrando do windows para linux…
    só tenho uma duvida
    quando o down terminar eu só tenho que copiar o arquivo para um cd?
    me respondam por favor

  10. Já fui fã de Linux, mas acho que ele não está preparado para o mundo do desktop. Seu nome ainda amendontra muita gente.

    Sobre a instalação de programas que você falou: fácil, né? Resolve as depedências, erros e tudo? Se for só isso tudo bem, mas sinceramente, quantas vezes você já foi a um terminal e executou algum comando?

    Instalação de programa, na minha opinião, é igual a do Mac OS. Quer instalar um aplicativo? Arrasta ele pra dentro da pasta “Applications”. Simples assim.

    Executar comando no terminal is out. A computação evolui para justamente isso não ocorrer. E é isso que a turma do Linux não percebe.

    Um dia desses vi no br-linux.org um programa que salva videos do Youtube. Oras, salvo os videos com a ajuda de uma simples extension do Firefox e abro em um leitor de FLV (que a própria extensão me sugere a instalação). Usuário de linux não, vai no terminal digita não sei o que com não sei com qual atributo, baixa o FLV (que eu tinha baixado com 2 cliques) e depois pra ver o FLV tem que converter para outro formato.

    É isso que deve ser mudado. Simplicação, desburocratização. E o Windows, onde fica nisso tudo? No meio do caminho. Não tão fácil, mas nem tão difícil.

  11. Anonimo disse:

    Há ferramentas para criar flash
    no linux sim! Há , por exemplo o
    F4L.

  12. Há temos estou querendo aposentar meu windows, sempre usava o Kurumin para linux, mas depois que vi o ubuntu, me apaixonei. Muito bonito, porém, a administração dele é meio restrita, não se tem muitas opções, não reconheceu minha rede a radio, enfim, não sei se é porque entendo muito pouco de linux, mas achei ainda meio complicado de aposentar o windows. Sou webdesigner e, como um amigo aqui falou, o linux ainda nao tem ferramentas como o flash, um dreamweaver… Até tem similares de dreamweaver, mas não a altura. Para o photoshop tem o Gimp, não fui muito com a cara dele, mas quando conheci o photoshop tambem nao tinha ido com a cara e acabei me acostumando e gostando :p.

    Sinceramente torço para, não só o Ubuntu, mas as distros de linux evoluirem a ponto de ficarem mais faceis de utilizar e de terem ferramentas boas para webdesigners.

    Parabéns pelo seu blog! Até mais!

  13. Vale a pena testar o Ubuntu Dapper Drake (6.06 LTS). Foi lançado agora em junho (01/06/06) e se mostrou excelente nas compatibilidades… minha placa wireles foi reconhecida na instalação.. sem dificuldades naveguei na internet.. To o resto você descobrindo aos poucos. Como tudo o que é novo, linux pede um tempo de aprendizado.. depois é só festa. Para escritórios que necessitam de editores de texto, rede e internet não tem melhor. É seguro, estável e se bem customizado (gnome-art) fica lindão …

    Segurança realmente é o ponto forte do linux e o Ubuntu é um grande exemplo. Quem não quer instalar na máquina roda direto do cdrom sem dificuldades. Meus P3 650 aceitou numa boa.

  14. Jonas disse:

    Olha. eu sou um fã incondicional do Linux há mais de 5 anos… Já usei algumas distros…. A mais simples, em termo de instalação de hardware e recursos com menos linha de comando é , na minha opinião o falecido Mandrake. Porém, isso tem um custo altissimo, visto q as maquinas para rodá-los tem q ser mais possantes. Por exemplo, tenho um Duron 1.3 com 256 que o Mandriva simplesmente não roda… Trava no primeiro clique… Testei o Ubuntu, não é tão bom pois é muito limitado em softs e, a menos q vc tenha banda larga(eu até tenho) e muita paciencia(nao tenho muito…) vc consegue instalar mais coisas… Sem contar q a minha maquina ficou meio lerda… Bem, quando já estava quase comprando uma maquina nova, fiz um penultimo teste… Instalei o DEBIAN SARGE… PQP!!! Muito foda… A lesma está correndo pra caramba!!! Nunca vi até agora uma distro tão rápida, com bastante softwares… Não recomento pra usuarios novos pois tem muita coisa no braço e no terminal… Ainda nao testei o Slackware e o BSD… Agora estou com pena de testar pq o Debian tá redondinho… Rodando DVD protegido e WMA… E na boa, a menos q a pessoa seja um programador .NET, um Gamer ou um Designer Gráfico não há motivos para nao migrar pra linux…

  15. Convido a todos para participar da comunidade Ubuntu Linux Santa Catarina. Usuários de Outras distribuições serão bem vindos!

    Gentileza divulgar o link http://wiki.ubuntubrasil.org/UbuntuSC

    Grato,

    José Vitor Lopes e Silva
    Florianópolis/SC
    http://ubuntufloripa.uocentral.com.br

  16. Seu artigo está muito bom, só tenho algumas resalvas quanto ao fato de o linux não ter um bom editor vetorial.
    O inkscape é muito bom.

    Veja um manual que fiz (está em formato svg)
    http://www.rau-tu.unicamp.br/nou-rau/softwarelivre/document/?down=143

    Publicado no site da Unicamp (nou-rau)
    http://www.rau-tu.unicamp.br/nou-rau/softwarelivre/document/?code=143&tid=6
    já atingiu 584516 downloads

  17. Mauricio Costa disse:

    Ola amigos presiso de um help instalei o ubuntu junto com o windows XP boot duploe do linux copiei todos mesus aquivos doc do Offci XP o OpenOffice abril algus belesa mas outros doc com nomes asentuados por exemplo (texto 40ª lição.doc) nao abre no Ubuntu os arquivos aparece (texto 40ª lição.do(nao reconhecido) )
    re iniciei com o kurumin 5.1 e eleabril
    que configuração devo fazer para que o Ubuntu abra reconhesa mes doc pos quero apagar o XP
    abraço
    Mauricio Costa

  18. Monthiel disse:

    Fiz o pedido de 55 CDs a meses, e vamos aguardar néh. pois sou usuário do Kurumin, mas já cansei dele, quero experimentar coisas novas.

  19. farley rangel disse:

    Estive vendo ” mais de perto” algumas distribuições e dentre elas o ubuntu … realmente é tudo o que se tem falado de bom por ai … em um notebook Toshiba Satellite A25-S279 que nenhuma distro testada deu suporte ao controle de brilho da tela através das teclas de função Fn+F5/F6, no ubuntu foi ótima a funcionalidade … isso pra mim demonstrou que o pessoal está cuidando de cada detalhe com muita atenção e carinho … estou baixando o kubuntu e creio que poderei estudar por algum tempo nesse sistema.

  20. hugo disse:

    Ai galega, sou usuário do Slackware pois foi a distro que mais me atraiu pela sua forma estruturada. Acredito que a grande diferença nas distribuições é exatamente o usuário. Este sim faz a diferença, pois não importa a distro desde que você a domine. A evolução de uma distro, vai muito de acordo com sua comunidade. Se sua comunidade esta satisfeito com sua distro, a sua evolução caminha a passo lento.. mas quando alguém resolve que precisar mudar e que tais mudanças não são aceitas pela comunidade, acontece o que acontenceu com o Ubuntu, a “criatura ficou melhor do que o criador”.. Sábia foi a decisão da Mandrake com a fusão da Conectiva pois juntou o melhor dos dois mundos. Isso agradou a todos os usuários das duas distros. A discurssão de que esssa ou aquela distro é melhor ou não, não acabou e creio que nunca vai acabar. Quando os Srs olham para essa ou aquela distro, o que vçs vêem? a possibilidade de ter liberdade para copiar?, alterar?, distribuir? sem ser processado, ou a oportunidade de ter acesso a uma plataforma que te possibilitará estudar, desenvolver, dar assistência técnica, consultorias, capacitações, migrações, etc.. Então Srs. o diferencial não está na distro e sim no usuário, este sim é que faz a diferença. Ao se dedicar a uma distro,

  21. Uso o CL desde a versão 3 ( Guarani ), em todo esse tempo já esperimentei várias. Kurumin, Damn Small Linux, Debian, Slackware, FreeBSD5.1, Lycoris, Litrix, Famelix, Debian-BR-CDD, RedHat, Mandrake, Fedora entre outros e sempre volto para o CL.
    Com relação as distribuições baseadas em rpm até que talvez me acostumaria se tivessem as mesmas facilidades que tenho com o CL mas as baseadas em deb são muito diferentes e não me acostumo mesmo. Migrar de uma distribuição como CL, RedHat ou Fedora para uma baseada no Debian é muito penoso, vc tem que reaprender tudo.
    Eu estou muito contente e feliz com o CL10, só vou ver agora como vai ser com essa de Mandriva, se não me agradar procuro outra mas que tenha base rpm.

  22. Ricardo Goés disse:

    Elcio! Excelente matéria… Adorei mesmo… Aproveito aqui para mandar um abraço para o Bruno Torres, admiro esse maluco.
    Ah !! Que Papai do Céu ilumine todos nós ….

  23. Clesefe disse:

    Dudus>
    OpenOficce.2.0_Base
    Eu estou usando o Ubuntu, e tentado fazer uma BD(tabuas, formularios,informes,etc).
    1) E lento de mais
    2) E impossivei fazer um formulario
    3) E totalmente inestavel
    Olha la minha gente, estou utilizando Debian (Woody, Sarge) ha muito tempo. e nao tenho problemas
    Carlos_Buenos Aires

  24. Elcio achei interessante.

    Há muito estou querendo migrar para o Linux e deixar de vez o Windows. Sei que a transição parece não ser nada tranquila, principalmente para o pessoal de casa, mas desta vez estou decidido.

    Gostaria saber uma coisa. Será difícil levantar a Internet via DSL? No XP é simples e até minha mãe consegue, mas e no Ubuntu?

    Sabe onde consigo maiores informações (turorial/apostila) sobre os primeiros passos da conifuração para usuário doméstico?

    Aguardo e tenha um ótimo Domingo!

    Mais uma coisa: O que você acha do Conectiva? Com eles terei um suporte com fácil acesso.

  25. aissegoo disse:

    Cara, estou usando o Ubuntu e estou gostando muito. Ele é muito facil e bem profissional. Com certeza eu vou ficar com ele aqui por um bom tempo. Algumas coisas eu achei muito mais facil fazer nele do que no Windows, já deixei a rede windows/linux tudo funcionando apenas instalando o samba, tudo configurado e funcionando perfeitamente.

    A instalacao de programas nele é muito mais simples, pelo synaptic então é muito mais facil, por ser um sistema visual. O legal é que instalou e já sai funcionando, não tem mais aquelas chatisses de ficar compilando e procurando as libs/modulos q o programa precisava. Agora é só clicar e esperar. :D

    []s

  26. Daniel disse:

    Ae Élcio! Blz de artigo!

    Agora quanto ao Ubuntu, sinceramente, não consegui ver essa facilidade toda que não tem no Fedora, por exemplo.

    Ao amigo que perguntou se vale à pena trocar, eu digo que é melhor você trocar seu FC3 pelo FC4, que tá muito bom e muito fácil de usar (e o FC5 vem melhor ainda). É só configurar seu YUM como ensina o http://www.fedorafaq.org e fica muito fácil manter seu SO atualizado e também instalar novos pacotes. Lembrando que o Fedora também instala RPMs apenas dando um clique-duplo no arquivo.

    O Fedora tem muitas vantagens. Uma das mais importantes é a grande quantidade de usuários por todo o mundo. Outra coisa é que, mesmo utilizando GNOME (que eu prefiro), você pode utilizar perfeitamente a maioria dos softwares que vem com o KDE, tal como o QUANTA, que utilizo bastante.

    Ubuntu realmente representa alguns avanços, mas ainda prefiro o Fedora

    []s

  27. Marcos V. Bohrer disse:

    Oi Élcio! Eu já to usando o Ubuntu a mais de 3 meses com certeza, e antes sempre tive experiência com o KDE, mas quando comecei a usar o gnome com o Ubuntu Live CD não pensei 2 vezes, salvei meus files do windows e fomratei o micro com o Ubuntu, e ainda mais quando recebi os cd’s via correio comecei a usar mais ainda e espalhar! Gente, usem, percam tempo e experimentem e saiam da mesmisse e do comodismo!!!

  28. Tiago disse:

    Sou usuario CL10, ja usei algumas distros, RH, Fedora, Kalango…mas ontem eu coloquei pra rodar um CD LIVE de um amigo que veio com Ubuntu, ja ate fiz o pedido…nossa, adorei ele ja de cara, não vejo a hora da minha DISTRO chegar pra que eu possa instalar logo de vez, pois o CL ja ta bem ultrapassado apesar de gostar dele..reconheceu tudo na minha maguina, principalmente a minha placa de rede..Mais é isso ai…UBUNTU ROX…acho que essa será uma DISTRO muito poderosa…principalmente para os Desks ….A, e parabens pelo blogger …muito bom..

  29. Marcelo Arão disse:

    Tudo bem?
    Instalei o Ubuntu, mais não executar arquivo mp3 e todos os aquivos de video. Qual o segredo?

  30. Carlan Calazans disse:

    E para melhorar, ouvi a um tempo atrás, que os desenvolvedores do Debian “convidaram” o pessoal do Ubuntu para incorporar no Debian o que há de melhor no Ubuntu.

    Não sei como ficou esse papo entre eles, talvez já tenham até novidades ou não foi para frente. Por outro lado eu acho que o Ubuntu iria perder o seu charme, caso isto realmente acontesesse.

    Acho que é meio um sonho sei lá, mas seria interessante se ao invés de criar novas distribuições baseadas em outras, tornando-as filhas, os desenvolvedores trabalhassem para ajudar aquela distribuição pai a crescer. Imagine, se o Debian já é bom e é uma das dsitribuições que mais tem “filhos” hoje seria algo como uma “super ultra pro master plus” distribuição.

    Realmente o Ubuntu é muito bom.
    Abraço!

  31. jp-- disse:

    vo opinar.. Leandro N.Camargo .. cada um tem sua opinião com relação as distribuições .. muita gente tem usado Fedora .. mais ele sempre será “Core” .. portanto ele não migrará de uma versão para outra tranquilamente .. sempre estará em desenvolvimento .. causando alguns problemas .. e se tornando menos estável .. o Ubuntu é uma ótima opção para quem quer mais facilidade .. e ele esta bem estável ;)
    Eu uso slack ;) prefiro ele .. boa sorte ai .. em sua migraçao .. abraço

  32. Olá Élcio!
    Faço das palavras do Kelvin as minhas:
    “olá… desculpa minha ignorancia, mas eu não consegui achar seu email..”

    Então vai aqui mesmo.
    Eu sou um dos caras mais aficcionados pela web e seus paradigmas, assim como você é.
    E estou para desinstalar o meu fedora 3 (e alguma coisa) para instalar o Ubuntu (apesar de usar mais o winXP ainda, pois uso muito o PS CS e outro programas úteis para mim).

    Alguém sabe me dizer se vale a pena trocar Fedora por Ubuntu? Faz muita diferença?

    Outra coisa… Sobre o Python estou quase migrando para Python. Pois também sou fascinado por ele. Eu queria saber o que você instalou relacionado a Python no seu windows para se tornar um abiente agradável para se desenvolver sistemas em Python. E quanto ao seu blog, onde ele fica hospedado para poder rodar Python? (Não olhei no google ainda) Mas é fácil de se achar bons servidores de hsop. (com bom painel de controle) que rode Python. E quanto ao banco de dados aos quais ele comunica?

    Aqui vai um livro completo online (ou em PDF) para os Pythonzeiros de plantão:
    http://diveintopython.org/

    Espero uma respota sua, Élcio.
    Valeu! =)

  33. Bruno Torres disse:

    Ainda não tive tempo de testar o Ubuntu, mas está na minha lista.
    Sobre a instalação de programas no linux, escrevi um pequeno texto falando um pouco sobre isso.
    Ah, e o meu Ubuntu vai ser com Gnome…ainda não consegui me acostumar com o KDE.

  34. dudus disse:

    Muito interessantes essas ferramentas para banco de dados. Vou precisar delas logo logo.

    Você viu que a verssão final do OpenOffice já saiu?

  35. kelvin disse:

    olá… desculpa minha ignorancia, mas eu não consegui achar seu email.. então vou deixar meu recado aqui.. espero que você leia..

    estava conferindo seu artigo sobre ajax e simplesmente achei muito confuso de entender. tipo a parte que explica que código deve ir em qual arquivo está muito complicada..

    a parte do código está uma beleza, simples, pratico…

    porem acho tambem que seria legal vc colocar um link para pegar a aplicação pronta.

    mas gostei muito do seu tutorial, sério, bom mesmo…

  36. arthur s. e. disse:

    Eh elcio, já to cansado do windows e seus problemas que aparecem cada vez mais, ando pensando em migrar para o Linux (Ubuntu) mas o que me impede de uma migração total são os programas gráficos citados por você. Sem falar em outros programas, que (acredito eu) não tem uma versão para Linux, como exemplo, o tão utilizado Flash. Vamos aguardar pra ver se um dia eles resolvem isto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>