Instalei o PidGin 2.0

Acabo de instalar o tal PidGin 2.0.0, o substituto do Gaim, o programa que, ao ser lançado, causou tanto movimento que derrubou o site oficial. Ele está disponível para Windows e Linux[bb]. Para quem não sabe:

O Pidgin é um cliente de mensagens modular capaz de usar o AIM, MSN, Yahoo!, Jabber, ICQ, IRC, SILC, SIP/SIMPLE, Novell GroupWise, Lotus Sametime, Bonjour, Zephyr, Gadu-Gadu e QQ de uma vez só. Ele é escrito usando o GTK+.

Baixei os fontes do SourceForge, o pacote pidgin-2.0.0.tar.gz, aqui no meu Ubuntu 6.10. Depois o processo foi:

$ tar -xzvf pidgin-2.0.0.tar.gz
$ cd pidgin-2.0.0.tar.gz
$ ./configure
$ make
$ sudo make install

Assim mesmo, como manda o figurino, sem nenhum errinho. Ele leu meus contatos e contas do Gaim e já abriu conectando, pronto para usar.

É o bom e velho Gaim, com pequenas melhoras e novas funcionalidades, mais rápido e muito, muito mais bonito. A interface também deu uma boa melhorada em relação à usabilidade. Além disso, agora ele conecta em ainda mais redes que eu não vou usar 😉

Updated: endereço do site corrigido. Obrigado pessoal.

10 comments on “Instalei o PidGin 2.0

  1. Eles são indepentendes, Lucas. O Pidgin, ainda assim, lerá todos os seus dados do Gaim (contatos, contas etc).
    Karlisson, se você instalasse pelo .deb não teria esse problema. Ele já instala as dependências também.

  2. Eu tive um pequeno problema com SSL: o protocolo do MSN exige que haja uma biblioteca SSL para poder se conectar so serviço. Basta instalar o pacote libgnutls-dev antes de compilar.

  3. Para instalar é necessário desinstalar primeiro o Gaim ou pode instalar por cima mesmo? Como é isso? Co se faz para instalar com suporte a correção ortográfica? Se alguém souber.. obrigado

  4. Muito legal, nunca gostei realmente do Gaim, o Kopete sempre me pareceu mais interessante, mas como utilizo Gnome e não penso em trocar para KDE fica complicado.

    E só para corrigir, o site oficial é pidgiN.im e não pidgiM.im.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *