666, o número da internet

Talvez seja porque o artigo é do dia 2, quando quase todo mundo estava de férias ou de ressaca, mas eu acho que tem muito menos comentários lá do que o assunto merece. Então, se você ainda não viu:

666, o número da internet

Publicado por

Elcio

Elcio é sócio fundador da Visie Padrões Web. Pioneiro no uso e divulgação dos padrões do W3C no Brasil, Elcio já treinou equipes de dezenas de empresas como Globo.com, Terra, Petrobras, iG e Locaweb. Além disso, tem dirigido as equipes da Visie no desenvolvimento de projetos web para marcas como Brastemp, Itaú Unibanco, Johnson & Johnson e Rede Globo.

Um comentário em “666, o número da internet”

  1. Tenho 22 anos, e tudo me levar crer nessa idéia ou “teoria” é real. Sempre tive o sonho de consumo em ter um computador, e com muito suor comprei um, há uns 8 meses atrás. E foi à partir daí começei a perceber mudanças em modo de “ser e viver” em geral. Percebi, que o constante uso do própio vicia; às vezes trocava passeios, amigos, família e até namorado pra navegar na internet. As olheiras aparecem depois de um bom tempo sentada em frente a tela! Cheguei em até fazer um profile no famoso site de relacionamento, isso chegava a ser viciante, é como trocar o verdadeiro mundo em que vivemos ao redor por um mundo virtual! A imersidão de novidades, entretenimento, e informações que a internet oferece, coibe o ser humano em sua vida social. O homem deixa de ser um ser “real”, e vira um cibernético, um apelido imaginário, amigo virtual, um pessoa irreal…E outrora esquece-se de sua vida natural; Deus, igreja,os pais, filhos, amigos, sol, andar de bicicleta, sair para passear e outras necessidades naturais em troca de ficar horas e horas em frente a uma máquina que jamais pode nos oferecer amor, afeto, realizaçôes, ternura humana…
    A internet é uma bom intrumento desde que reaproveitada a favor nosso , porém a falta de limitação no uso desta chega a ser maligno, prejudicial, ofensivo, arcaico.
    Hoje, estou me reeducando em relação a internet, e vejo como a humanidade precisa disso para não passar um vida em prol de um computador!

    *Anizinha.cristã protestante, 29 de junho de 2007
    São João del rei, Minas Gerais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *