Cuidado onde você enfia esse SQL aí!

Já cansei de fazer código que tem SQL misturado, no meio dos scripts PHP. Sim eu era um “lousy coder”, um desenvolvedor mixuruca, mas se você olhar tem muito código open source por aí assim. Meu Deus, como eu não via a gravidade desta heresia? Como eu não pude perceber que lugar de SQL não é no script que desenha minha tela? Que sql é coisa muito séria, que deve estar protegido, separado em classes que deixe tudo bem seguro pra que nenhum engraçadinho detone meus dados? Bem, acho que eu realmente não ligava. Mas quando a coisa começou a tirar a minha produtividade, e eu perdia horas procurando “cadê aquela query, acho que deve ser essa aqui” etc e tal a coisa ficou mais clara pra mim. Tinha que haver uma solução melhor pra isso.

Danilo Medeiros, O Zen e a arte cavalheiresca da programação orientada a objeto.

4 comments on “Cuidado onde você enfia esse SQL aí!

  1. cuidado marcelo, conheço muito programador que na hora que não tem um framework a disposição ele não sabe nem por onde começar.

    quanto a separar o sql e também os códigos em php é muito importante, pois facilita na hora de programar. Um bom método é usar o MVC.

  2. Para isso, existem hoje chamados frameworks que transformam sem banco de dados em class php que poder ser usadas como objetos em uma camada de persitência. Eu uso a Lumine, escrita pelo brazuca Hugo (www.hufersil.com.br/lumine). Sensacional. Nem sei mais o que é escrever uma SQL a tempos! heheh

    []’s

  3. Que susto! Trocou o layout! Eu também troquei o meu ontem, acho que por isso do susto! Risos…

    Bom, eu ganhei essa boa prática de separar o que é SQL do que é código PHP só há uns 3 anos, mas depois de fazer isso também comecei a achar heresia deixar tudo junto. Até mesmo porque, eu comecei também a pensar na portabilidade: e se o projeto tiver que mudar de banco de uma hora pra outra, e se o banco não tiver as mesmas funções específicas que eu vou usar agora? Vou ter que ficar caçando tudo né…

    Prática melhor é separar o que é pedido a banco, o que é uso dos retornos de banco e o que é montagem de estrutura visual. Grande MVC ou qualquer coisa que o valha!

    beijinhos
    Bom ano…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *