Biblia em Python e XML

Me consumiu umas duas horas: Bíblia XML 2. Agora vou cuidar da interface, colocar um conjunto de radios para o sujeito dizer se quer fazer busca exata, todas as palavras, ou uma referência bíblia.
Fiz com Python e PSE. Muito produtivo.
PSE é uma ferramenta muito interessante. Tenho feito uma porção de coisas com Django, mas não é uma ferramenta para qualquer tarefa. Quando você vai desenvolver simplesmente um formulário de contato, ou uma aplicação de uma única página, como é a Bíblia XML[bb], o trabalho de criar e configurar uma aplicação Django não compensa. Até descobrir o PSE eu usava (Argh!) PHP.
Agora a coisa toda mudou de figura. PSE é tão simples de começar a escrever quanto PHP ou ASP. A idéia é a mesma, um arquivo é uma página. Você pode inserir seu código Python[bb] em um arquivo separado ou pode mesclá-lo com HTML como faz com PHP. Suporta includes, sessions, application e custom tags, com uma sintaxe muito mais elegante que (Argh!) JSP. E, é claro, é Python, que tem um módulo pronto para praticamente qualquer coisa que você possa querer fazer na face da terra.

9 comments on “Biblia em Python e XML

  1. Mandou muito mal mesmo carinha!!
    PHP é uma linguagem muito poderosa, acho que você deve reconsiderar!
    E para o cara que não conseguiu achar a idade da avo, já sei ate qual foi seu erro!

    Posta o código ou manda para meu mail que TE AJUDO A FAZER.

    até

  2. Ridiculo este teu argh hein?
    Você não tem vergonha?
    Uma pequena noção do que vc está falando está ai em cima.
    Vê se abre os olhos e aprende a programar com linguagem de homem.
    Em relação ao comentário favorável ao ARGH,nem comentarei, pq é provavel de ter sido vc mesmo q postou.
    Falow mico…

  3. Bem eu acho que se vc gosta de Python, parabens, mas vc quem é???
    O dono da verdade???
    Como tenho certeza absoluta que vc não é, vou desconsiderar seus (ARGH!’s) .
    ACho que como progrmador vc deveria saber que cada linguagem tem sua utilidade e cada progrmador usa de usa propria maneira. Claro que alguns (cabeçudos logico! ) por sentirem facilidades com outras acham que as que ele não conseguiu todo o potenciam são ruins.
    Bem acho que isso.
    parabens pela sua Biblia ficou bacana, e a proposito cheguei a seu site fazendo uma consulta de php+xml.
    Estranho né ??
    Fui

  4. Bem, primeiro de tudo, no momento a Bíblia XML 2 não está funcionando. Dá o seguinte erro “error: (111, ‘Connection refused’)”.

    Continuando, já tenho notado em alguns textos que leio de sua autoria, que você tem uma boa simpatia pela Microsoft, o que deixa transparecer em suas publicações. Quero deixar claro que em momento algum quero recriminá-lo por isso. Mas tenho curiosidade em saber quais foram suas experiências que o levaram a ter essa simpatia pelo “Grande Irmão”.

    Mas, além disso, e principalmente, gostaria muito de saber porque essa aversão por PHP. Vou explicar porque quero tanto saber:

    Estou namorando essa maneira “nova” de construir sites, que utiliza webstandards, AJAX, prima pela usabilidade, simplicidade e tudo o mais, e quero muito fazer sites que tenham todos os ingredientes.

    Sou um neófito em programação Web, considero o WebStandards extremamente importante, dou umas “arranhadas” em PHP, criei e mantenho um site de notícias prá lá de ultrapassado.

    Estou me “convertendo” e planejando um novo site de notícias, leio muito do que você e outros “apóstolos” publicam sobre os temas relacionados a semântica e XML e por aí vai…

    Por fim, na minha posição, quando vejo alguém falando mal (ou seria apenas desdenhosamente?) de uma certa linguagem ou preferindo outras, o que me ocorre, antes de mais nada, é a necessidade de saber o que o tal “perpetrador” passou para chegar a essa posição.

    Portanto, gostaria muito que você compartilhasse conosco sua opinião sobre PHP e outras linguagens server-side. Já que, como disse nosso amigo Walfredo em seu comment, você é um formador de opinião. Então, faça jus ao encargo que lhe é imposto e compartilhe isso também, valeu?

  5. Bixo, sou totalmente a favor do “ARGH” referindo-se ao PHP!

    E coloque “ARGH” nisso…

    Lá estava eu, programando em PHP… utilizando a função STRIPOS, para realizar uma busca de uma substring dentro de uma string e me atrazer a posição dessa substring.

    Exemplo:

    “;
    }

    ?>

    Bom, até aqui tudo bem… Fiz lá a minha 1º busca por:

    $subString = “avô” , e ele me retornou bonitinho… dizendo que encontrou a substring e sua posição.

    Ahhh mas, na hora que eu pedi pra ele procurar pela IDADE do meu avô……… essa merda de função me deu um soco na cara…. dizendo que não encontrar!!!

    $subString = “84”;

    Mas como NÃO??? ARGHH………………

    Pow, “84” é uma substring, e ele diz nunca encontrar???

    Paciência uma óva….! ARGH ao PHP!

  6. Bom… queria dizer que o “argh” quando se referia ao php foi RIDÍCULO!

    Um site como o seu que acredito ser bem visitado não pode ser contra ou a favor de nenhuma tecnologia. Você está em uma posição de Formador de Opiniões!!! Quando for se referir a algo que não goste diga que não lhe agrada mas não seja rude.

    Diga que prefere, preto ao branco e não diga,
    – Preto “argh”, o branco é muito melhor…

  7. Pq php “argh”, PHP é uma ótima linguagem, ta matando a versão 5! É claro que dá pra fazer muita coisa ruim… Claro, mas ai depende do programador.. Como em tudo, claro… Gosto de python, muito até, mas PHP manda muito bem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *